NOSSO TEMPO

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

CONSEG DE GAVIÃO...ATUANDO DE FORMA TRANSPARENTE A SERVIÇO DA COLETIVIDADE

CONSEG ATUANTE NA CIDADE DE ASAS
 
CONSEG Gavião Peixoto (Conselho Comunitário de Segurança) vem promovendo reuniões em todas as partes do município e a ultima no ínicio do mês foi acompanhada pelo Jornal Cidade de Asas, na Alameda Charnet. Mesmo em um início de noite bem frio, os moradores estiveram presentes, pois não poderiam deixar de relatar sobre o tráfego intenso de caminhões nas Alamedas Cury e Alameda Charnet. Os populares relataram que os caminhões, ora vazios ora carregados, intensificam o fluxo por volta das 18 horas e que há movimentação praticamente a noite toda; comentaram que há noites em que praticamente não dormem por conta do barulho. Fato que fora claramente observado no transcorrer da reunião. Há ainda o agravante de que quando os caminhões vêm no sentido da Alameda Cury para a Alameda Charnet, descem em alta velocidade, colocando em risco, principalmente, um casal de moradores da residência da esquina das referidas Alamedas, cuja propriedade já fora alvo de acidente.

O CONSEG Gavião Peixoto busca levantar prioridades de segurança no munícipio e a Vereadora Suse Mattiassi Estevo – PV, que também é Presidenta do Conselho falou da necessidade de providências para minimizar a situação até que o Anel Viário seja efetivamente implantado. Citou a INDICAÇÃO nº 064/2014, que sugere ao Executivo a implantação de sinalização de trânsito modificando as regras de trajeto para os caminhões que trafegam pela Alameda Cury objetivando acessar a Rodovia Cottar Tanuri, a fim de coibir que os motoristas desenvolvam altas velocidades no local, evitando o risco de colisões frontais entre veículos de grande porte e até mesmo o choque com residências, como já ocorrera.

A participação da sociedade, Executivo, Legislativo e as Autoridades de Segurança fará que cada dia mais os problemas serão apontados em busca de melhorias. Confira os próximos encontros: 04/11/14 - Praça Nova Pauliceia - 04/12/14 - Câmara Municipal.

NASA CONFIRMA 6 DIAS DE ESCURIDÃO COMPLETA

NASA confirma 6 dias de escuridão completa

NASA CONFIRMA 6 DIAS DE ESCURIDÃO COMPLETA

NASA confirmou que a Terra experimentará 6 dias de escuridão quase completa entre os dias 16 a 22 de Dezembro. O mundo continuará a existir durante esses dias, sem luz solar, devido a uma tempestade, que fará com que poeira e detritos espaciais tornem-se abundantes ao ponto de bloquearem 90% da luz solar.
O chefe da NASA, Charles Bolden, que fez o anúncio, pediu a todos que mantenham a calma. Este será o produto de uma tempestade solar, a maior dos últimos 250 anos, por um período total de 216 horas.
Apesar dos seis dias de escuridão que virão em breve, os funcionários dizem que a Terra não vai sofrer grandes probemas, uma vez que seis dias de escuridão estão longe de ser o suficiente para causar grandes danos a qualquer coisa.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

PARLAMENTO REGIONAL É DESTAQUE NO JORNAL DA UVESP

Vereadora Edna Martins (PV) é presidente do Parlamento Regional Central, com sede em Araraquara.

EdnaEm sua edição mais recente, o Jornal do Interior, da União dos Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp), publica matéria especial sobre os Parlamentos Regionais, criados este ano sob a supervisão da Uvesp.  Em declaração ao jornal, a vereadora Edna Martins (PV), presidente do Parlamento Regional Central, que congrega municípios das regiões de Araraquara e São Carlos, disse que “a maior  demonstração de que vereadores e prefeitos querem trabalhar juntos é o apoio do parlamento à iniciativa dos prefeitos em busca de mais recursos para seus municípios. Só temos que agradecer a Uvesp pela liderança e apoio a esse movimento estadual”.
Com o título “Rede de Parlamentos como representação exclusiva e necessária da vontade popular”, a matéria traz o mapa dos 23 parlamentos regionais espalhados por todo o estado de São Paulo.  Um dos objetivos dos parlamentos é transformar as demandas regionais em reivindicações junto aos poderes maiores; uma ação legítima dos vereadores e que amplia as possibilidades de participação política mais direta.
A reportagem enfatiza que os parlamentos, nas primeiras reuniões realizadas, com apoio irrestrito das secretarias de Estado, têm sido palco de debates políticos autênticos com representações equitativas de todos os grupos sociais dos municípios integrantes. O presidente da Uvesp, Sebastião Misiara, afirma que “a Uvesp não deixará jamais de perseguir a construção de um Novo Legislativo com vereadores conscientes do seu papel e ativos na representação que se propôs da sociedade do seu município. Mais ainda, perseguir o aperfeiçoamento da democracia e a prática dos bons costumes que desemboca sempre na justiça social”.
No início de novembro, Araraquara vai sediar, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP), no Jardim Santa Mônica, encontro da Rede de Parlamentos Regionais com a participação da diretoria e presidentes dos Parlamentos.
Edna 2

VIDEO DO TRÁGICO ACIDENTE COM ALUNOS E PROFESSORES EM IBITINGA




As vítimas são estudantes e professores da escola Dom Gastão, além da diretora da Escola Municipal Ana Rosa, que acompanhava os filhos na excursão. Confira a lista:
Vítimas do acidente em Ibitinga (Foto: Reprodução/Facebook)
Vítimas do acidente em Ibitinga (Foto: Reprodução/Facebook)

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

"PRECISA-SE DE MATÉRIA PRIMA PARA CONSTRUIR UM PAÍS"

"Precisa-se de Matéria Prima para construir um País"
João Ubaldo Ribeiro
A crença geral anterior era que Collor não servia, bem como Itamar e Fernando Henrique.
Agora alguns dizem que Lula não serviu e que Dilma não serve. E o que vier depois de Lula e Dilma também não servirá para nada...
Por isso estou começando a suspeitar que o problema não está no ladrão corrupto que foi Collor, ou na farsaque foi o Lula.
O problema está em nós.
Nós como POVO.
Nós como matéria prima de um país.
Porque pertenço a um país onde a "ESPERTEZA“é a moeda que sempre é valorizada, tanto ou mais do que o dólar.
Um país onde ficar rico da noite para o dia é uma virtude mais apreciada do que formar uma família, baseada em valores e respeito aos demais.
Pertenço a um país onde, lamentavelmente, os jornais jamais poderão ser vendidos como
em outros países, isto é, pondo umas caixas nas calçadas onde se paga por um só jornal
E SE TIRA UM SÓ JORNAL, DEIXANDO OS DEMAIS ONDE ESTÃO.
Pertenço ao país onde as "EMPRESAS PRIVADAS" são papelarias particulares de seus empregados desonestos, que levam para casa, como se não fosse roubo, folhas de papel, lápis, canetas, clipes e tudo o que possa ser útil para o trabalho dos filhos e para eles mesmos.
Pertenço a um país onde a gente se sente o máximo porque conseguiu "puxar" a tevê a cabo do vizinho, onde a gente frauda a declaração de imposto de renda para não pagar ou pagar menos impostos.
Pertenço a um país onde a falta de pontualidade é um hábito.
Onde os diretores das empresas não valorizam o capital humano.
Onde há pouco interesse pela ecologia, onde as pessoas atiram lixo nas ruas e depois reclamam do governo por não limpar os esgotos.
O povo saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas, dirige após consumir bebida alcoólica, pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho, quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.
Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes, compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.
Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve, se falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
E quer que os políticos sejam honestos.
O Brasileiro reclama de quê, afinal ?
Aqui nossos congressistas trabalham dois dias por semana para aprovar projetos e leis que só servem para afundar o que não tem, encher o saco do que tem pouco e beneficiar só a alguns.
Pertenço a um país onde as carteiras de motorista e os certificados médicos podem ser "comprados", sem fazer nenhum exame.
Um país onde uma pessoa de idade avançada, ou uma mulher com uma criança nos braços, ou um inválido, fica em pé no ônibus, enquanto a pessoa que está sentada finge que dorme para não dar o lugar.
Um país no qual a prioridade de passagem é para o carro e não para o pedestre.
Um país onde fazemos um monte de coisa errada, mas nos esbaldamos em criticar nossos governantes.
Como "Matéria Prima" de um país, temos muitas coisas boas, mas nos falta muito para sermos os homens e mulheres de que nosso País precisa.
Esses defeitos, essa "ESPERTEZA BRASILEIRA" congênita, essa desonestidade em pequena escala, que depois cresce e evolui até converter-se em casos de escândalo, essa falta de qualidade humana, mais do que Collor, Itamar, Fernando Henrique ou Lula, é que é real e honestamente ruim, porque todos eles são brasileiros como nós, ELEITOS POR NÓS. Nascidos aqui, não em outra parte...
Entristeço-me.
Porque, ainda que Dilma renunciasse hoje mesmo, o próximo presidente que a suceder terá que continuar trabalhando com a mesma matéria prima defeituosa que, como povo, somos nós mesmos.
E não poderá fazer nada...
Não tenho nenhuma garantia de que alguém o possa fazer melhor. Mas enquanto alguém não sinalizar um caminho destinado a erradicar primeiro os vícios que temos como povo, ninguém servirá.
Nem serviu Collor, nem serviu Itamar, não serviu Fernando Henrique, Lula e nem a Dilma, nem servirá o que vier.
Qual é a alternativa?
Precisamos de mais um ditador, para que nos faça cumprir a lei com a força e por meio do terror?
Aqui faz falta outra coisa.
E enquanto essa "outra coisa" não comece a surgir de baixo para cima, ou de cima para baixo, ou do centro para os lados, ou como queiram, seguiremos igualmente condenados, igualmente estancados...
Igualmente sacaneados!
É muito gostoso ser brasileiro.
Mas quando essa brasilinidade autóctone começa a ser um empecilho às nossas possibilidades de desenvolvimento como Nação, aí a coisa muda...
Não esperemos acender uma vela a todos os Santos, a ver se nos mandam um Messias.
Nós temos que mudar! Um novo governante com os mesmos brasileiros não poderá fazer nada..
Está muito claro...
Somos nós os que temos que mudar.
Agora, depois desta mensagem, francamente decidi procurar o responsável, não para castigá-lo, senão para exigir-lhe (sim, exigir-lhe) que melhore seu comportamento e que não se faça de surdo, de desentendido.
Sim, decidi procurar o responsável e ESTOU SEGURO QUE O ENCONTRAREI QUANDO
ME OLHAR NO ESPELHO.
 

'SEIS E MEIA DÚZIA'...OPINIÃO ELEIÇÕES 2014

Seis e meia dúzia

Jose Roberto de Toledo
26 outubro 2014 | 22:13
Milhões nas ruas protestando; sete em cada dez eleitores declarando desejo de mudança no governo. O cenário no qual transcorreram as eleições de 2014 prenunciava uma transformação profunda da política brasileira. O resultado não poderia ser mais contrastante. O Congresso Nacional terá poucas caras novas e com sobrenomes velhos. Os Estados continuam sendo governados, na imensa maioria, pelos mesmos caciques de sempre. E Dilma Rousseff (PT) segue sendo presidente do Brasil, após derrotar o PSDB no segundo turno: 2002, 2006 e 2010 “reloaded”.
Das 27 eleições para governador, só dá para dizer que houve algum tipo de renovação em quatro. Nas outras 23, o atual governador se reelegeu, como em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, ou fez o sucessor, como em Pernambuco e na Bahia, ou o eleito é um ex-governador, como no Espírito Santo, Tocantins e Piauí. Na melhor das hipóteses, o novo governador pertence a um grupo político que, não faz muito tempo, mandava no Estado.
A maior renovação aconteceu no Maranhão, com Flávio Dino (PC do B), que desalojou o clã dos Sarney. No Mato Grosso, Pedro Taques (PDT) é um procurador tornado senador que se elegeu governador. Não foi eleito por ter parentes políticos. No Distrito Federal, a eleição de Rodrigo Rollemberg (PSB) acabou com a polarização entre o PT e o grupo de Joaquim Roriz. No Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) põe fim a uma era do PMDB no poder. Só.
Em todo o resto, a troca de comando, quando houve, foi de seis por meia dúzia. Ou, no máximo, por um terço de 18.
Dos 513 deputados federais, 401 tentaram se reeleger e 290 conseguiram. Sua taxa de sucesso foi de 72%. Nada se correlaciona mais com a vitória na eleição parlamentar do que já ser um parlamentar. Por outro lado, se “apenas” 290 estarão de volta a Brasília no próximo ano, quer dizer que 223 são novos, certo? Não exatamente. Pelo menos 25 não são novatos, mas redivivos. Já foram deputado antes, só tinham dado um tempo.
A Câmara terá 198 neófitos que terão seu primeiro gabinete brasiliense. Formalmente, é a maior taxa de renovação desde 1998: 39%. Mas o exame da lista de eleitos revela que grande parte das caras novas têm sobrenomes ou nomes de guerra velhos conhecidos do Congresso, como Covas, Cardoso e Garotinho.
Mudam só os prenomes: Bruno em lugar de Mario, Clarissa em vez de Anthony. Às vezes nem isso, basta acrescentar um “júnior”, um “neto” ou até um um “bisneto” no final. São todos herdeiros do poder, como Newton Cardoso Jr., Expedito Netto e Arthur Bisneto. A hereditariedade do poder é um dos legados da monarquia que a república brasileira conserva com mais afeto e zelo.
Entre os neófitos, quem não chegou lá por ser parente se encaixa em pelo uma dessas categorias: já passou por outro cargo eletivo (prefeito, deputado estadual etc), exerceu alguma função pública (policial, promotor etc), é celebridade – com as exceções que confirmam a regra. Na Câmara, a eleição foi seis por meia dúzia.
Por que os gritos e cartazes não se converteram em votos de protesto? Não em quantidade suficiente para mudar os donos do poder. Por que? Há várias respostas, esta é apenas uma.
Porque quem foi às ruas protestar foi um segmento expressivo, mas um segmento, não toda a população. Eram majoritariamente jovens que tiveram mais oportunidades de estudo do que qualquer outra geração anterior à deles na história do Brasil. Mas que não conseguem equiparar esses anos de estudo a cifrões nos seus salários. Estão mais frustrados do que as gerações anteriores. Foram essas gerações mais velhas que decidiram a eleição.
Os mais velhos votaram na continuidade. Não arriscaram porque, mesmo sem tanto estudo quanto os filhos, experimentaram um incremento de renda que nem seus pais nem avós experimentaram. Para eles não era seis por meia dúzia.

PLANETÁRIO ITINERANTE VIRÁ A ESCOLA DA FAMILIA DE GAVIÃO PEIXOTO

domingo, 26 de outubro de 2014

ELEIÇÃO: DILMA VENCE EM GAVIÃO COM 51% DOS VOTOS VÁLIDOS



Resultado das eleições em Gavião Peixoto.
No 1º turno Dilma obteve 1.104 votos e Aécio 1.009 votos.
No segundo turno Dilma com 51% dos votos válidos em Gavião.
Presidenta eleita 1.453 votos e Aécio 1.396 votos. Foram as urnas um total de 2.849 eleitores.

Algo que a candidata eleita deve e muito ao empenho do ex presidente Lula. Que mais uma vez abraçou a campanha e conseguiu novamente algo inédito. Antes lançar e eleger uma mulher como chefe da nação...e o que muitos achavam impossível aconteceu...reeleger a mesma para mais um mandato.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

KC 390...COLOCA GAVIÃO PEIXOTO...NA ROTA DO OLHAR DE TODO BRASIL E DO MUNDO!

KC-390: produzida para a FAB, maior aeronave fabricada no país é apresentada ao público
    Publicado em Terça, 21 Outubro 2014 15:26 | Última atualização em Terça, 21 Outubro 2014 17:18

    Gavião Peixoto (SP), 20/10/2014 – Convidados civis e militares, entre os quais o ministro da Defesa, Celso Amorim, foram apresentados nesta terça-feira (21) à maior e mais moderna aeronave já fabricada no Brasil: o cargueiro militar KC-390.
    Em concorrida cerimônia realizada na fábrica da Embraer, em Gavião Peixoto, no interior de São Paulo, o público pôde conferir o chamado “roll out” do protótipo do avião, cuja primeira entrega, para a Força Aérea Brasileira (FAB), está programada para 2016.


    O acordo entre a FAB e a fabricante brasileira de aviões, assinado em maio deste ano, prevê a aquisição de 28 aeronaves ao longo de dez anos. Além dessa encomenda inicial, já foram formalizadas intenções de compra de outros países.
    Durante a cerimônia, o ministro Celso Amorim ressaltou a importância do desenvolvimento do KC-390 para o país, não só no sentido de fortalecer a base indústrial de defesa, gerando empregos e tecnologia de ponta, mas também no fortalecimento da autoestima brasileira. "Momentos como este nos enchem de orgulho, essa aeronave é um prodígio de avanço tecnológico", disse.
    Projeto estratégico do Ministério da Defesa, o KC -390 é uma iniciativa conjunta da FAB e Embraer para a produção de um avião de transporte militar e reabastecimento em voo, associada ao crescimento da indústria nacional, com desenvolvimento tecnológico.
    A aeronave é capaz de levar tropas a qualquer região do país com rapidez, além de transportar equipamentos militares desmontados, como o novo blindado Guarani, produzido para o Exército Brasileiro.
    Seu desenvolvimento atende diretamente a uma diretriz da Estratégia Nacional de Defesa (END), no sentido de aumentar a capacidade de mobilidade das tropas brasileiras e permitir que os meios operativos das três Forças Armadas se complementem de forma integrada.

    A FAB utilizará a aeronave para substituir o Hércules C-130, empregado atualmente em operações como missões de busca e reabastecimento de outras aeronaves em voo.
    Segundo o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, o KC-390 cumprirá as missões com maior agilidade. "As turbinas a jato conferem bastante agilidade à aeronave, que cumprirá todas as missões muito mais rápido e melhor", disse. "O KC-390 poderá operar tanto na Amazônia quanto na Antártica", completou.
    Desenvolvida para atender aos requisitos estabelecidos pela FAB e utilizando o que existe de mais moderno no setor, o novo cargueiro militar brasileiro já nasce com grandes possibilidades de negócios.

    Segundo a Embraer, há intenções de compra do KC-390 pela Argentina, Portugal e República Tcheca. Uma lista que deve aumentar na medida em que outros países que utilizam o C-130 comecem a substituir suas aeronaves.
    Foto: Divulgação/FAB
    Assessoria de Comunicação
    Ministério da Defesa

    EMBRAER APRESENTA O AVIÃO KC 390 EM GAVIÃO PEIXOTO/SP

    21/10/2014 14h20 - Atualizado em 21/10/2014 16h22

    Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP

    Companhia poderá realizar testes em solo antes do 1º voo da aeronave.
    Evento contou com a presença do Ministro da Defesa, Celso Amorim.

    Do G1 São Carlos e Araraquara

    Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer )Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer )
    A Embraer e o Comando da Aeronáutica apresentaram, nesta terça-feira (21), o primeiro protótipo do avião de transporte militar KC-390 produzido na fábrica de Gavião Peixoto (SP). O evento teve a presença do Ministro da Defesa, Celso Amorim. O acordo entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e a fabricante brasileira de aviões prevê a aquisição de 28 aeronaves ao longo de dez anos - a primeira entrega está programada para 2016.
    Com a apresentação, a companhia poderá realizar testes em solo antes do primeiro voo da aeronave, previsto para ocorrer até o final deste ano. Segundo o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Juniti Saito, o KC-390 será a espinha dorsal da aviação de transporte da FAB. "Ele poderá operar tanto na Amazônia quanto na Antártica. As turbinas a jato conferem bastante agilidade à aeronave, que cumprirá todas as missões, mas muito mais rápido e melhor”, afirmou por meio da assessoria de imprensa.
    Após o evento, a aeronave vai continuar com as avaliações iniciais de sistemas e, em seguida, com o primeiro acionamento do motor, os testes de vibração em solo e demais ensaios planejados. O avião é o primeiro de dois protótipos que serão usados nas campanhas de desenvolvimento, testes de solo, testes de voo e certificação.
    O avião
    O KC-390 é um projeto da FAB com a Embraer para produção de um avião de transporte militar tático e reabastecimento em voo que representa um avanço significativo em termos de tecnologia e inovação para a indústria aeronáutica brasileira.
    A aeronave é projetada para estabelecer novos padrões em sua categoria, com menor custo operacional e flexibilidade para executar uma ampla gama de missões: transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento aéreo, busca e resgate e combate a incêndios florestais, entre outras.
     O primeiro protótipo do avião de transporte militar KC-390 produzido na fábrica de Gavião Peixoto (Foto: João Barbosa/Arquivo Pessoal) 
    O primeiro protótipo do avião de transporte militar
    KC-390 (Foto: João Barbosa/Arquivo Pessoal)
    Um KC-390 poderá decolar de Brasília e chegar sem escalas a qualquer capital brasileira com 23 toneladas de carga, sua capacidade máxima. Nas asas, o avião poderá levar até 23,2 toneladas de combustível. Além de alimentar as próprias turbinas, também será possível fazer o reabastecimento em voo (REVO) de outros aviões ou helicópteros. É por isso que a aeronave é chamada de KC: C de Carga e o K de tanker, ou reabastecedor, em inglês. O KC-390 também terá a capacidade de ser reabastecido em voo por outras aeronaves.
    O compartimento de carga tem 18,54 metros de comprimento, um pouco maior que uma quadra de vôlei. A largura é de 3,45 metros e a altura é de 2,95 metros. O espaço é suficiente para acomodar equipamentos de grandes dimensões, além de blindados, peças de artilharia, armamentos e até aeronaves semi-desmontadas.Também poderão ser levados 80 soldados em uma configuração de transporte de tropa, 64 paraquedistas, 74 macas mais uma equipe médica ou ainda contêineres, carros blindados e outros equipamentos.
    Produção em série
    No dia 20 de maio deste ano, a Embraer e a Força Aérea Brasileira assinaram o contrato de produção em série para a entrega de 28 aeronaves KC-390 e suporte logístico inicial. Além da encomenda FAB, existem atualmente intenções de compra de outros países totalizando 32 aeronaves. Um hangar em Gavião Peixoto foi inaugurado para a linha de montagem.
    O contrato para produção em série prevê investimento de R$ 7,2 bilhões. Mais de 1,5 mil trabalhadores se envolveram diretamente no projeto, além de mais de 50 empresas brasileiras que participaram do desenvolvimento do cargueiro. A Embraer tem negociações para a venda do KC-390 no exterior. Há intenções de compra do pela Argentina, Chile, Colômbia, Portugal e República Tcheca.
    Ministro da Defesa, Celso Amorim participa de apresentação do avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto (Foto: Divulgação/ Embraer)Ministro Celso Amorim participa de apresentação do avião militar KC-390  (Foto: Divulgação/ Embraer)
    Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer)
    Embraer apresenta avião de transporte militar KC-390 em Gavião Peixoto, SP (Foto: Divulgação/ Embraer)
     

    domingo, 19 de outubro de 2014

    TEATRO DE BONECOS ALEGRA CRIANÇAS E PAIS NA E E CONSELHEIRO GPX



    Na tarde de hoje os alunos do Programa Escola da Família e alguns pais puderam assistir um grande espetáculo teatral de Bonecos. A Cia Salada Vinte de São Paulo, se apresentou para um público pequeno, diante do que se esperava pela novidade deste gênero de arte teatral tanto na nossa cidade como dentro da Escola. Mas os que foram merecem todos os aplausos também e somaram para este evento ser ainda mais elogiável. A peça retratou o fato que nem sempre o 'vilão da história é o lobo', e que a auto proteção de uma mãe para com seu filho deve ter um teor muitas vezes comedido, deixando que este filho possa seguir os caminhos...principalmente quando este é visando uma educação e convívio saudável com os colegas. E a peça denominada 'Escola não é Gaiola', retratou bem...que o bullyng  e a maldade dentro do convívio escolar, pode partir nem sempre do aluno considerado excluído pela sua classe, cor ou credo...ou seja o 'lobo mau', nem sempre é o que se enquadra numa visão preconceituosa...isso é algo muito errado. E o Programa Escola da Familia, veio justamente para que pais possam conviver aos finais de semana num local, âmbito comumente frequentado pelos seus filhos...e que pudesse ser muito mais frequente.
    E aqui algumas lindas imagens desta peça:


    sexta-feira, 17 de outubro de 2014

    PROGRAMA CAMINHADA DA SAÚDE...AÇÃO DE PROMOÇÃO SOCIAL E INCLUSÃO


    A Secretaria Municipal de Saúde ( através do Programa Saúde da Familia), Administração por meio do Programa Caminhada da Saúde, comemora o mês do idoso com uma programação especial para os participantes do Programa. As atividades ocorreram com orientação e manutenção de um trabalho voltado a inserção diária do grupo com ações que os façam sentir valorizados
    A programação inclui atividades como: palestras relacionadas aos idosos, atividades físicas, e orientação de que permite todos viverem esta etapa da vida com a auto estima sempre elevada.
    As ações fazem referência à chegada à terceira idade como uma conquista. De acordo com a coordenadora do Programa,  Camila Arruda,“o objetivo principal, além de homenageá-los, é fazer com que as famílias interajam com eles, que elas venham ao Programa e conheçam o prazer de uma longevidade saudável e os outros participantes. É um momento de encontro para provar que a longevidade é uma conquista e não um peso”. E as comemorações contou na manhã de hoje com uma festa de confraternização, onde presente estiveram o prefeito Gustavo e o vereador Diógenes. Um grupo formado por agentes de saúde, fizeram uma homenagem, dançando músicas da jovem guarda...

    quinta-feira, 16 de outubro de 2014

    TEATRO NA ESCOLA DA FAMILIA NESTE DOMINGO AS 14 HORAS


    Espetáculo ‘Escola não é gaiola’ põe educação em debate em Gavião Peixoto

    Apresentação gratuita ocorre neste domingo (19), às 14h, com a peça da Companhia de Teatro Salada Vinte. Iniciativa faz parte do programa Escola da Família              

    Neste domingo (19), a Escola Estadual Conselheiro Gavião Peixoto, em GPX,  a temporada do “Teatro em Família”, projeto inédito da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo que leva às cidades do interior paulista peças de teatro. O primeiro espetáculo é “Escola não é gaiola”, da Companhia de Teatro Salada Vinte. A entrada é franca e aberta para alunos e comunidade escolar.
    Ao todo, 100 unidades de ensino participantes do programa Escola da Família vão receber encenações até o fim de outubro. A proposta é aproximar a arte do público e também criar mais uma opção de lazer na região. Para isso, foram selecionados espetáculos que fazem uma abordagem tradicional do teatro, com uso de cenários e bonecos.
    Em “Escola não é gaiola”, são discutidos assuntos relevantes para todas as idades, como bullying, convivência social, papel da família na escola e o cotidiano dos alunos. A escolha da peça foi feita pela Diretoria Regional de Ensino de Adamantina. A apresentação neste fim de semana começa às 14h.
    “Acreditamos que a escola deve ser um polo agregador, como é o programa Escola da Família. Por isso, nós investimos em lugar de convívio e que a comunidade possa cada vez mais desfrutar de atividades de lazer e cultura”, afirma Claudia Aratangy, diretora de Projetos Especiais da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), órgão da Secretaria da Educação do Estado

    terça-feira, 14 de outubro de 2014

    EMBRAER DE GAVIÃO: PROJETO KC- 390 ENTRA EM FASE DE PRODUÇÃO

    Após período de desenvolvimento, projeto KC-390 entra em fase de produção
      Publicado em Sexta, 10 Outubro 2014 18:17 | Última atualização em Sexta, 10 Outubro 2014 18:22

      Brasília, 10/10/2014 - Próximo de finalizar sua primeira etapa, que previa o desenvolvimento e a montagem de dois protótipos, o Projeto KC-390 começou recentemente a sua segunda fase, estabelecida via contrato de aquisição, dando início à produção em série de 28 aeronaves para a Força Aérea Brasileira (FAB) pela Embraer. Abaixo, imagem ilustrativa de como ficará o cargueiro.

      Para isso, foi publicada no Diário Oficial da União a destinação de U$ 1,9 bilhão para a Embraer, conforme estava previsto no cronograma originalmente estabelecido. O montante será utilizado na aquisição de materiais e na manutenção de funcionários para viabilizar a compra das aeronaves representadas pelos protótipos.
      “Estamos dando seguimento ao cronograma que vai garantir as aeronaves para a FAB no prazo necessário para não haver interrupções em suas missões de transporte e reabastecimento em voo”, explica o presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (Copac), brigadeiro José Augusto Crepaldi Affonso.

      Neste mês de outubro, o avião cargueiro sairá do hangar e terá a sua primeira aparição pública. “O chamado roll out demonstra claramente o acerto do projeto de engenharia e de produção das atividades industriais e, com certeza, até o final do ano, estaremos voando de KC-390”, comemora o responsável pelo projeto.
      O KC-390 vai substituir o Hércules C-130, aeronave utilizada para transporte militar, de pessoas e equipamentos, e para reabastecimento em voo de outros aviões. “Essa aeronave está sendo desenvolvida estritamente de acordo com todos os requisitos solicitados pela FAB”, explica o diretor da Copac.


      Além das 28 aeronaves da FAB, Crepaldi explica que o cargueiro nacional já nasce com grandes possibilidades de exportação para países que também precisarão, em breve, substituir suas aeronaves desse mesmo porte. “Do ponto de vista industrial, é o coroamento da indústria aeroespacial brasileira porque, além de ser a maior aeronave já desenvolvida e fabricada no país, ela vai entrar – com grande possibilidade de sucesso - num nicho de mercado que hoje é dominado pelas grandes empresas internacionais”, concluiu Crepaldi.

      Fotos: FAB/ Embraer
      Assessoria de Comunicação
      Ministério de Defesa
      61 3312-4071

      GAVIÃO CONQUISTA 120 CASAS POPULARES...ALGO INÉDITO DESDE A SUA EMANCIPAÇÃO


      E o sonho da casa própria se tornará realidade!

      É com imenso prazer que anuncio que na tarde de hoje, 14/10/2014, assinei o Primeiro Convênio da História de Gavião Peixoto com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) para a construção de 120 unidades habitacionais (foto) de interesse social. É o maior convênio já assinado por Gavião Peixoto, sendo orçado em quase 11 milhões de reais. É um momento absolutamente gratificante para esta administração, que sempre trato...uma questão habitacional como uma de suas maiores prioridades.
      Esta é uma conquista integral de meu governo, por isso nos orgulhamos tanto dela. Tudo começou em 04 de abril de 2013 quando escolhemos a área para a construção das casas populares e a decretamos como de utilidade pública, posteriormente comprando a mesma. Esta foi a primeira compra de área destinada especificamente para habitação da história de Gavião Peixoto. Após a compra da área em 09 de agosto de 2013 foi entregue em mãos do Secretário de Habitação Silvio Torres ofício solicitando a construção de 120 unidades habitacionais, sendo sinalizado positivamente pelo mesmo. Com o indicativo positivo contratamos projeto executivo em abril de 2014. Em 18 de julho de 2014 alteramos a Lei que estabelecia parâmetros para habitação de interesse social já em conformidade com a CDHU e em 07 de outubro de 2014 enviamos a Câmara Municipal projeto que possibilitaria a Prefeitura Municipal assinar convênio com a CDHU. Tudo feito nesta gestão.
      Neste interstício, foram dezenas as viagens para São Paulo feitas até a CDHU tanto por mim, como pelo Secretário de Obras, Marcelo Gomes, a quem muito devo agradecer pelo empenho que tratou esta questão. Também não poderia deixar de agradecer ao Presidente da Câmara Municipal Joel Fera, que por diversas vezes agendou sessões extraordinárias para me auxiliar quanto aos prazos apertados dados pela CDHU, assim como todos os vereadores: Coca, Diógenes, Eduardo, Juninho, Mário Sérgio, Paulo, Suse e Xanda, que sempre deram importância a este feito.
      E fundamentalmente venho agradecer a população de Gavião Peixoto, que acreditou que conseguiria tornar matéria este sonho. Serão 120 famílias que terão realizado o sonho da casa própria. Agora a Prefeitura enviará projeto orçamentário a Câmara Municipal na próxima sessão para aprovação dos edis e licitará a obra na sequência, cujo trâmite dura aproximadamente 90 dias. O início da construção das casas será em janeiro de 2015.



      Nota da rede social do facebook do prefeito Gustavo

      domingo, 12 de outubro de 2014

      DIA DAS CRIANÇAS: PREFEITURA PROMOVE A FESTA 'BRINCAR E SER FELIZ'


      No domingo dia das crianças, Prefeitura promove a festa “Brincar e Ser Feliz”


      Neste domingo (12) Dia da Criança, a Prefeitura Municipal de Gavião Peixoto voltou a realizar o Projeto “Brincar e Ser Feliz”. O evento que acontece sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes),  em parcerias com a Educação, Cultura, Obras e Esporte, teve início na parte da manhã com o Passeio Ciclístico e depois às 13h e seguiu até às 17h30, na Praça, (em frente à Igreja Matriz). A festa foi animada com  uma vasta programação com brinquedos mecânicos, infláveis, camas elásticas, sucos, água, pipoca, algodão doce e lanches, novidade deste ano foi  passeio em Scania adaptada, tudo gratuito.
      A responsável pelo Fundo  de Desenvolvimento Social, Tica , ficou feliz com a presença de tantas   crianças de  Gavião e até de cidades vizinhas, junto com seus familiares para a festa. “Estamos promovendo uma tarde de muita alegria, descontração, harmonia e muita diversão”, disse-nos o prefeito Gustavo.
      A programação, segundo Dulcelina Piccolo (Tica), foi pensada em conjunto, com todas as secretarias municipais, com o propósito de oferecer uma festa com qualidade e segurança para o público presente. E nossa reportagem marcou presença e aqui algumas fotos deste evento.


      O Prefeito (Gustavo), o Vice Prefeito (João Alcides), a Presidente do Fundo Social (Dona Tica) e o Diretor de Cultura (Sérgio Silva) vem aqui agradecer a presença de todos os voluntários que fizeram com que a festa de fato ocorresse.
      Muito obrigado Camila Arruda e seu namorado, Antônio, Elivelton, Sérgio Pignata, Brei, Ademar Martins, Preto, Amarildo, Luiz Gonzaga, Cidinho, Gabi e seu esposo, Paula, Ana, Rose Barone, Juliana, Tais, Dona Vera, Martha, Silvia Dal Ri, Silvia Giro, Polaca, Ângela, Néia. Odila, Tainá e Cristiane.
      "Agradecemos também a presença massiva da população gavionense na festa dos dias das crianças, especialmente as crianças e todos os pais presentes, que ajudaram a construir uma tarde muito prazerosa." (Equipe de apoio do evento)